segunda-feira, 19 de julho de 2021

Quisera eu escrever um poema...

Quisera eu escrever um poema 

Que cantasse  o amor, a vida

Que bordasse palavras tão doces.

Como a musica dos anjos,

Quisera eu que este poema

Semeasse sonhos nos corações apaixonados.

Como a formosura dos lírios,

Faria versos e prosas sobre rosas.

Daria á palavra a inocência das crianças,

Ofereceria à vida só sorrisos.

Quisera eu saber escrever a vida

Num só verso de amor.

             ***

Andreia Costa)
 

5 comentários:

  1. Ah, quero ser o primeiro
    A comentas os seus versos,
    Pois entre os dois universos
    De horário que é passageiro,
    Sendo o Brasil derradeiro
    Em relação Portugal,
    Estou desperto, afinal,
    Enquanto você já dorme
    E isso fica conforme
    Ao meu verso inaugural.

    Gostei do poema escrito
    Que dizer querer fazer.
    Está perfeito e o prazer,
    Que dá-me por tão bonito.
    Tem poesia, tem rito
    Tem ritmo e belo compasso
    Que vem nos trazer um traço
    Da portuguesa Forbela
    Porque ele nos revela
    Um texto sem embaraço.

    Parabéns, amiga! Abraço cordial. Laerte.



    ResponderEliminar
  2. Muito lindo teus versos,adorei! Ótima semana! beijos, chica

    ResponderEliminar
  3. Uau! Que poema tão bonito:))

    --
    Procuro a paz que anda perdida
    -
    Beijo, e uma excelente semana..

    ResponderEliminar
  4. O poema é muito bom, gostei muito.
    Mas não sei quem é a Andreia Costa. Será um pseudónimo de Alice?
    Continuação de boa semana, amiga Maria Alice.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  5. Muito bonito.
    Não conheço a autora. É seu pseudónimo?
    Abraço, saúde e bom fim de semana

    ResponderEliminar

Publicação em destaque

Só para fazer  crescer água na boca.💙💚💓